Minhas Postagens

Follow by Email

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

FILME O TIGRE E O DRAGÃO !!!



Os Imperadores na Antiga China não apenas monopolizaram o direito de usar o Dragão como símbolo, como se declararam filhos do Dragão e alegaram que seu poder de governar era concedido pelo Céu. Os Dragões estavam por toda parte nos palácios imperiais. Qualquer outra pessoa que se associasse com o Dragão era sentenciada a morte por crime contra o Imperador.
O Tigre representava o povo.
Sempre que o Dragão se alia a Maldade e se volta contra o Povo.
O Tigre 
é enviado para detê-lo.

" - Ang Lee conseguiu algo que parecia impossível: colocar um filme de artes marciais na corrida do Oscar, vencendo quatro estatuetas. E sem ter que bater em ninguém. Descubra que não é necessário nascer em Krypton para voar, nesse clássico do cinema oriental...
10 indicações ao Oscar: Melhor Filme, Melhor Filme Estrangeiro, Diretor (Ang Lee), Roteiro Adaptado, Fotografia, Montagem, Trilha Sonora Original, Canção ("A love before time"), Figurino, Direção de Arte/Cenários
Vencedor de 4 Oscar: Melhor Filme Estrangeiro, Fotografia, Trilha Sonora Original, Dire
ção de Arte/Cenários
Vencedor de 2 Golden Globes: Melhor Filme Estrangeiro, Diretor (Ang Lee)
Sinopse: 
A hist
ória de duas mulheres, ambas exímias lutadoras, cujos destinos se tocam em meio à Dinastia Ching. Uma tenta se ver livre do constrangimento imposto pela sociedade local, mesmo que isso a obrigue a deixar uma vida aristocrática por outra de crimes e paixão. A outra, em sua cruzada de honra e justiça, apenas descobre as conseqüências do amor tarde demais. Os destinos de ambas as conduzirãà uma violenta e surpreendente jornada, que irá forçá-las a fazer uma escolha que poderá mudar suas vidas. 
Ganhou 4 Oscars, nas seguintes categorias: Melhor Filme Estrangeiro, Melhor Fotografia, Melhor Dire
ção de Arte e Melhor Trilha Sonora. Recebeu ainda outras 6 indicações, nas seguintes categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Edição, Melhor Figurino e Melhor Canção Original. 

Elenco:
·         Chow Yun-Fat (Li Mu Bai)
·         Michelle Yeoh (Yu Shu Lien)
·         Zhang Ziyi (Jen)
·         Chang Chen (Lo)
·         Lung Sihung (Sir Te)
·         Cheng Pei Pei (Jade Fox)
·         Fazeng Li (Governador Yu)
·         Gao Zian (Bo)
·         Hai Yan (Madame Yu)
·         Wang Deming (Tsai)
·         Li Li (May)
Ficha Técnica:
·         Gênero: Ação
·         Diretor: Ang Lee
·         Duração: 120 minutos
·         Ano de Lançamento: 2000
·         País de Origem: Taiwan / Hong Kong / EUA / China
·         Idioma do Áudio: Mandarin

Foi preciso um diretor de Taiwan para devolver aos fãs de cinema a magia com que a sétima arte sempre brindou seu público. Depois de bem sucedidas incursões ao cinema de Hollywood - em especial os belos "Razão e sensibilidade" e "Tempestade de gelo", que captaram com inteligência as culturas inglesa e americana, respectivamente - o cineasta Ang Lee não foi feliz com o pouco visto e muito criticado "Cavalgada com o diabo" e resolveu retornar às origens. Para isso, assumiu as rédeas da adaptação do quarto volume de uma pentalogia chamada Crane/Iron, escrita por Du Lu Wang, um conhecido mestre chinês de kung-fu. Tendo seu habitual parceiro James Schamus entre os roteiristas, Lee construiu uma fábula majestosa e emocionante que recebeu o título ocidental de "Crouching tiger, hidden dragon", ou, como conhecido no Brasil, "O tigre e o dragão".
Não é difícil compreender o porquê da comoção em torno do filme de Lee desde sua estréia, no Festival de Cannes de 2000, quando foi ovacionado por uma legião de críticos deslumbrados. Sua obra simplesmente tira o espectador de sua zona de conforto, jogando-o em um universo particular, em que personagens ignoram a lei da gravidade e onde todas as excepcionalmente bem coreografadas lutas não são apenas desnecessários desvios da ação e sim parte integrante e indispensável da narrativa, repleta de poesia visual - cortesia da magnífica fotografia de Peter Pau, vencedor do Oscar da categoria. Não foi à toa que "O tigre e o dragão" tornou-se o primeiro filme de língua não-inglesa a ultrapassar a barreira dos 100 milhões de dólares de arrecadação em território americano, além de sair vitorioso em 4 categorias na festa do Oscar de 2001. O filme de Ang Lee é uma festa para os olhos e um admirável espetáculo para todos que consideram o cinema como um refúgio.

Manhua: O Tigre e o Dragão (O mangá chinês)
O mangá chinês (manhua) O Tigre e o Dragão
O manhua começou a ser publicado no Brasil em 2006, pela Editora Panini. É desenhado por Andy Seto, que trabalha com quadrinhos desde os 20 anos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário