Minhas Postagens

Follow by Email

quarta-feira, 13 de junho de 2012

FILME CONSTANTINE!!!

SINOPSE:
John Constantine, nascido com o dom incomum de poder enxergar os híbridos, (seres que são metade humano e metade anjos ou demônios) que andam normalmente pela terra. Em sua adolescência não agüentando mais as visões que têm e sem o apoio dos pais para lidar com elas, pois julgam que seu filho está ficando louco  o internam em clínicas psiquiátricas,  John tenta o suicídio e consegue ficar morto por apenas dois minutos, mas é trazido a vida novamente contra sua vontade. De volta ao mundo dos vivos é marcado como um suicida, a partir dai dedica sua vida a mandar para o inferno, todos os demônios que cruzam seu caminho.Sua busca é a redenção pelo que fez, pois como suicida depois da morte só existe um lugar para onde  pode ir, e tudo o que menos deseja é ir pra o mesmo lugar pra onde mandou tantos demônios, e essa busca fica mais urgente ao saber que está com câncer no pulmão em estado terminal, resultado do hábito de fumar trinta cigarros por dia, desde os quinze anos. John não é um herói comum, desiludido com o mundo que esta a sua volta e com o mundo do além, bebe muito e sua vida é difícil, mas o que menos quer é piedade ou agradecimento. Seu caminho se cruza com o da  detetive Angela Dodson quando ela começa a investigar a morte de sua irmã gêmea em uma clínica psiquiátrica,  enquanto todos afirmam que foi suicídio, ela não acredita nessa hipótese  e busca a verdade por trás de sua morte, pois sente que alguma coisa sobrenatural aconteceu, decidi procurar por Constantine para que ele a ajude a entender os mistérios que envolvem a morte de Isabel, e nessa busca pela verdade os dois se vêem envolvidos em algo muito maior do que poderiam imaginar, e Constantine, talvez possa ter a oportunidade de conseguir o que mais deseja.
NFORMAÇÕES DO FILME:
Titulo original: Constantine
Elenco:  Keanu Reeves (John Constantine), Rachel Weisz (Angela/Isabel Dodson), Shia LaBeouf  (Chas Kramer), Djimon Hounsou (Meia noite),  Gavin McGregor Rossdale (Balthazar), Tilda Swinton  (Gabriel), Peter Stormare (Lúcifer), Max Baker (Beeman), Pruitt Taylor Vince (Padre Hennessy).
Gênero: Suspense
Direção: Francis Lawrence
Duração: 121 minutos
Ano de lançamento: 2005
País de origem: EUA e Alemanha
Distribuidora: Warner Bros
Curiosidades:
* Na cena em que as vacas caem enquanto o demônio vai caminhando, não foi utilizado efeitos especiais, eram vacas de verdade que caiam por causa dos calmantes que eram aplicados por meio de zarabatana.

 
QUADRINHO NO QUAL O FILME SE BASEIA:
O John  Constantine do filme foi inspirado no personagem da revista em quadrinhos Hellblazer ( desbravador do inferno), o personagem principal John Constantine esta sempre envolvido com o sobrenatural e a magia. O personagem foi criado por Alan Moore como um figurante nas revistas "Monstro do pântano", Alan o criou a pedido dos desenhistas Steve Bissete e John Totleben, que queriam na revista um personagem que parecesse fisicamente com Sting. Constantine é um exorcista arrogante, negligente e enganador.
Em 1978 funda sua banda e procura a casa de shows "Casa Nova" , onde procura por emprego quando chegam lá encontram o clube  deserto e restos de corpos no porão, a única pessoa viva é Astra Logue, filha do proprietário, ela conta a John o sofrimento que seu pai a fazia passar e quando não aguentava mais a situação, um ser demoníaco surgiu de seu sofrimento.
John junto com os amigos decidem conjurar o demônio "Sagatana", para que possa enfrentar o outro demônio, mas algo sai errado no ritual, e o demônio que surge e Nergal, que consegue derrotar o outro demônio facilmente, e se aproveita da situação de John não poder controlá-lo (na mitologia para que uma pessoa possa controlar um demônio é preciso saber o seu nome)  o arrasta junto com Astra para o inferno. Ele consegue fugir rapidamente, mas Astra não, esse episódio lhe custa a sanidade. Nergal com raiva de sua fuga, amaldiçoa a ele e seus amigos, que morrem um por um, e seus fantasmas perseguem Constatine.
SOBRE O AUTOR:
Alan Moore, nasceu no dia 18 de novembro de 1953 em Northampton na Inglaterra, sua infância e adolescência foi conturbada devido a pobreza da família, foi expulso de uma escola conservadora , motivo suficiente para que outras escolas não o aceitem. Em 1974 se casou com Phyllis com quem teve dois filhos Leah e Amber. Ele é cartunista, escritor, contista, roteirista, músico e romancista. Usa os pseudônimos de: Curt Vile, Jill de Ray e Translucia Baboon. Seus trabalhos de destaque são: Watchmen, V de Vingança, From hell, The League of Extraordinary, Gentlemen, Monstro do pântano, Miracleman, The ballad of Halo Jones, Tom Strog e Supremo
Ainda no útero, ele estrangulou o irmão gêmeo com o cordão umbilical e matou a mãe no parto. Jovem, estudou artes arcanas e misticismo. Fumante inveterado, tocou na banda de rock Membrana Mucosa, enviou acidentalmente a alma de uma garotinha para o inferno e recebeu transfusão de sangue de um demônio. 
Estes são apenas alguns elementos da concepção de John Constantine, o bruxo inventado pelo escritor inglês Alan Moore e protagonista da revista mensal "Hellblazer". O personagem completou 25 anos de criação em 2010. Para celebrar, a editora DC Comics lançou o álbum "Pandemônio", história na qual Constantine aparece numa trama envolvendo um atentado a bomba no museu de Londres e estranhos artefatos sumérios. 
Escrita por Jamie Delano - o primeiro roteirista de "Hellblazer" - e desenhada por Jock, a edição especial chegou às bancas brasileiras na última semana, fechando o ciclo de aniversário do personagem. 
Na verdade, Constantine surgiu pela primeira vez em 1985, na revista mensal do Monstro do Pântano, então escrita por Moore. Inicialmente apenas coadjuvante - ele surgia no enredo como um "guru" do Monstro, ensinando-lhe a usar seus poderes -, Constantine chamou atenção dos leitores desde o começo.
O mistério em torno de seu passado, a ironia tipicamente britânica, o diálogo com criaturas sobrenaturais e o visual inspirado no cantor Sting, ex-vocalista da banda The Police, renderam ao personagem um título próprio.
Em janeiro de 1988, chegava às bancas a primeira "Hellblazer" (ou "desbravador do inferno", numa tradução aproximada), com roteiros de Delano e desenhos de John Ridgway.
A HQ serviu de estopim para a fundação do selo Vertigo, em 1993, com histórias de teor adulto. Até hoje, "Hellblazer" segue como o título mais antigo ainda em publicação pela Vertigo, estando atualmente na edição 277 nos EUA.
No Brasil, sua publicação é meio atrapalhada, mas tem sido ajustada pela Panini, que atualmente edita a série no mix mensal da revista "Vertigo". Por aqui, "Hellblazer" ainda está no número 190, com roteiros de Mike Carey. 
"O maior legado do John Constantine foi ter sido um dos primeiros personagens moralmente ambíguos dos quadrinhos, deixando completamente de lado o heroísmo clássico e permitindo uma ‘flexibilidade moral’ para os protagonistas das séries", diz Fabiano Denardin, atual editor da HQ no Brasil. "É difícil imaginar que teríamos algumas séries sem ter tido "Hellblazer" antes. ‘Preacher’, por exemplo, feita por Garth Ennis após ele ter trabalhado com "Hellblazer". Talvez nem tivéssemos ‘Sandman’, de Neil Gaiman, se não houvesse Constantine". 
Para o crítico de HQs Eduardo Nasi, "é bastante surpreendente que a série tenha chegado até aqui tão intacta". "‘Hellblazer" não chega a ser um campeão de vendas, mas Constantine continua o mesmo mago inglês loiro arrogante, que bebe, vai a pubs e enfrenta demônios", destaca.
Nasi acredita que a longevidade de "Hellblazer" se deva muito ao espírito jovem e ousado do protagonista. "Constantine inicia sua trajetória assim: um punk sem nada de especial que começa a explorar o mundo e vai muito além do que nós geralmente vamos. Ele conjura demônios, faz sexo sem pudores, usa todo tipo de droga e se mete em todo tipo de merda. Ele me parece muito mais um cara que busca experiências do que, de fato, um adulto formado". 


Denardin crê que a maior diferença de Constantine em relação a seus colegas de HQ está justamente nessa liberdade. "Um herói tem os limites bem definidos. Um anti-herói permite o que a imaginação de um escritor quiser fazer sem descaracterizá-lo", diz.
Constantine virou filme com Keanu Reeves no papel 
Em 2005, e depois de anos de especulação, a revista em quadrinhos "Hellblazer" se tornou o filme "Constantine". Porém, quase nada do que se sabia da HQ foi para as telas.
A começar pelo próprio personagem central. Britânico, loiro e mal encarado, John Constantine foi encarnado no cinema pelo norte-americano, moreno e rosto-de-bebê Keanu Reeves. A ambientação da trama saiu das ruas sombrias de Londres para o universo pop de Los Angeles. 
Apesar de inspirado no arco de histórias "Hábitos Perigosos", publicado em 1991, o roteiro do longa de Francis Lawrence pouco guardou de semelhanças com o universo original de "Hellblazer".
Mesmo assim, foi sucesso de bilheteria na época. (MM)

Publicação no Brasil"Hellblazer" foi publicado pela primeira vez no país em 1990, na revista mensal "Monstro do Pântano", em formatinho, pela editora Abril.
Em 1995, a Abril lançou a publicação mensal "Vertigo", contendo histórias com John Constantine escritas por Garth Ennis. A revista, porém, só durou um ano.
Em 1997, as HQs do bruxo inglês migraram para a editora Metal Pesado, que as publicaram de forma bastante irregular, até a Brainstore assumi-las em 2000.
A Pixel editou a série no final da década passada, em diversos álbuns especiais.
Atualmente, "Hellblazer" sai pela Panini em histórias mensais e encadernados esporádicos.